Número de embalagens de Forskolin vendidas
7 9 8 3 2 4
ENCOMENDE FORSKOLIN NA INTERNET
Forskolin

Os comprimidos Forskolin

são um suplemento eficaz para perder peso que o ajuda a perder quilos mesmo sem fazer dieta e exercício

O ingrediente ativo do Forskolin é um extrato de raiz de urtiga indiana –ColeusForskohlii Esta substância tem efeitos benéficos no corpo humano. O suplemento Forskolin ativa as enzimas lípases, responsáveis pelo processo de queima de gordura.

Juntando a isso, o Forskolin estimula a produção de monofosfato cíclico de adenosina (cAMP), o que resulta num exponenciar da hormona tiroideia responsável por desconstruir a gordura. O Forskolin é uma solução revolucionária para os problemas de obesidade e excesso de peso.

Pesquisadores descobriram que o Forskolin também consegue inibir o processo de acumulação de gordura nos adipócitos (células de gordura) e aumentar a termogénese corporal, que acelera a queima de gordura e aumenta a massa magra muscular.

Dosagem:Os comprimidos Forskolin devem ser usados de acordo com o indicado no rótulo da embalagem. A dose recomendada é de 1-2 comprimidos por dia.

Forskolin

Sobre Forskolin

O Forskolin é uma substância natural que não produz efeitos secundários farmacológicos e imunológicos adversos. A substância está presente em altos níveis na raiz de ColeusForskohlii – uma planta classificada na família da menta. Os pesquisadores descobriram que o Forskolin reduz a acumulação de gordura nas células gordas. O Forskolin também facilita a libertação de ácidos gordos dos adipócitos, para que o corpo queime gordura mais rapidamente. O extrato de urtiga indiana (ColeusForskohlii) melhora o funcionamento do sistema cardiovascular e baixa a tensão arterial.

O Forskolin é uma substância natural que não produz efeitos secundários farmacológicos e imunológicos adversos.

Coleus Forskohlii

O Forskolin é basicamente diterpeno de lábdano, que pode ser extraído deColeus ForskohliiRaiz (urtiga indiana). Esta planta é considerada como membro da família da menta encontrada na Índia e no sudeste asiático. A urtiga indiana tem sido usada há séculos na medicina indiana e Áyurveda para acelerar a perda de peso e para fortalecer os sistemas respiratório e cardiovascular.

Em 1970, pesquisadores pela primeira vez conseguiram isolar o ativo químico Forskolin a partir da raiz da urtiga indiana. Uma pesquisa mostrou que o Forskolin é uma substância que detém um papel significativo em muitos processos fundamentais do corpo, inibindo por exemplo a libertação de histamina, melhorando a função da tiroide e aumentando a rapidez da queima de gordura, entre outros.

Os pesquisadores descobriram que o Forskolin facilita a libertação de ácidos gordos das células gordas, o que resulta numa maior termogénese e num aumento da síntese proteica, estimulando por consequência a massa muscular.

Forskolin

Forskolina nos Estudos Científicos

Pertencente à vasta família dos diterpenos naturais, o Forskolin deriva do pirofosfato de geranilo (GGPP). Contudo, o Forskolin tem vários elementos únicos tais como a presença de um composto heterocíclico. É sintetizado durante a formação de sistemas de anéis de carbono condensados formados a partir da ciclização mediada pela carbocátion. Após a desprotonação, o resíduo do grupo hidroxilo forma um composto heterocíclico. A ciclização pode ocorrer através de um ataque feito pelo oxigénio na carbocátion do álcool alílico formado pela perda de difosfato ou analogamente por uma substituição nucleofílica SN2. Assim, o composto heterocíclico do Forskolin é formado.

O AMP cíclico (cAMP) é um dos mais importantes neurotransmissores numa célula. O Forskolin resulta do aumento do nível do AMP cíclico (cAMP), algo provado por ensaios clínicos. O AMP cíclico (cAMP) provoca um aumento da libertação da hormona tiroideia, responsável por desconstruir a gordura. Também há outras vantagens relacionadas com altos níveis de AMP cíclico, incluindo suave relaxamento muscular, pressão arterial mais baixa, aumenta da secreção de insulina (a insulina estimula a síntese de proteína e a formação de novas células musculares), melhor funcionamento da tiroide (acelera o metabolismo) e um aumento da lipolise, também conhecida como queimadura de gordura.

O Forskolin ativa a enzima adenilato ciclase e aumenta a concentração intracelular de cAMP através da ativação dos caminhos para a proteína quinase A e Epac. Desta forma ativa a transmissão de sinais bioquímicos entre as células. Assim, os comprimidos Forskolin facilitam a remoção da gordura excessiva e promovem a libertação de ácidos gordos e glicerol na corrente sanguínea, onde são convertidos em energia (ATP). Esta forma de energia é facilmente utilizada pela célula mitocôndria. O AMP cíclico também é usado para a comunicação celular entre o hipotálamo e a glande pituitária de forma a controlar a reação hormonal. Consequentemente os comprimidos Forskolin exponenciam o metabolismo.

Um dos benefícios muitas vezes sobrestimado no uso de comprimidos para emagrecer que contêm Forskolin é o exponenciar da secreção das enzimas digestivas. Tem sido provado que o extrato de urtiga indiana também facilita a absorção de nutrientes no intestino delgado. O Forskolin facilita a desconstrução de gordura e a sua lipólise, que é regulada pelo cAMP. Estudos científicos mostram que o Forskolin inibe a concentração de gordura. Isto também são excelentes notícias para aqueles que querem queimar gordura e obter um corpo em forma.

Segurança

Não deve tomar os comprimidos Forskolin se:

  • está grávida ou a amamentar,
  • sofre de problemas cardíacos ou pressão arterial
  • tem complicações relacionadas com a coagulação sanguínea
  • tem uma intervenção cirurgia planeada nos próximos 14 dias.

O Forskolin pode causar uma diminuição da tensão arterial, portanto não pode ser combinado com medicamentos para a hipertensão já que a pressão sanguínea pode ser demasiado baixa. Os comprimidos Forskolin também aumentam a circulação sanguínea, assim sendo não devem ser tomados com comprimidos que a exponenciam, caso contrário poderá provocar tonturas. O Forskolin também pode desacelerar o processo de coagulação sanguínea, portanto combiná-lo com medicamentos anticoagulantes pode aumentar o risco de equimoses e sangramentos.